Rebecca ficou com os terroristas por dois anos. No dia 5 de setembro ela retornou para Maiduguri, Nigéria, de volta para o marido e com um filho de um terrorista do Boko Haram.

Publicado em Notícias
Terça, 24 Janeiro 2017 14:09

Perseguição aos cristãos na Nigéria

Entre 2006 e 2014, mais de 12 mil cristãos foram mortos e 2 mil igrejas destruídas por grupos terroristas islâmicos na Nigéria. Estes são os números citados por Dom Joseph D. Bagobiri, bispo da diocese de Kafanchan, no Estado de Kaduna, no norte do país, ao visitar o escritório italiano da ACN (Ajuda à Igreja que Sofre) em Roma. Além disso, o Boko Haram é responsável pelo fato da Nigéria ocupar o 3º lugar do Índice Global de Terrorismo de 2016¹. Todavia, como Dom Joseph apontou, Boko Haram não é o único grupo que está espalhando o terror no país.

Publicado em Notícias
Terça, 23 Maio 2017 13:56

Aprendendo sobre Jesus...

Construção de duas salas para catequese na Paróquia de São Paulo Apóstolo das Nações da diocese de Dapaong, Togo.

Publicado em Projetos
Quinta, 26 Janeiro 2017 12:34

Luta pela sobrevivência no Sudão do Sul

Sudão do Sul, localizado no coração da África, é uma das nações mais jovens do mundo. Ganhou sua independência do Sudão em julho de 2011. Dois anos mais tarde, estourou uma guerra civil, entre o dominante Exército de Libertação Popular do Sudão (Sudan People's Liberation Army -SPLA) e a oposição. O conflito tornou-se desde então uma guerra tribal brutal. O "Acordo sobre a Resolução do Conflito na República do Sul do Sudão", assinado por ambas as facções em agosto de 2015 trouxe paz temporária. O conflito ressurgiu em meados de 2016 e persiste até hoje. Enquanto isso, os cidadãos comuns do Sudão do Sul sofrem com a fome e são capturados no conflito. A ONU calcula que há 1,7 milhões de deslocados internos no país, 75% destes estão lutando para sobreviver nos três estados mais atingidos pelo conflito: Unity, Upper Nile e Jonglei.

Publicado em Notícias

O líder dos católicos da Nigéria fez um apelo apaixonado pela paz e pelo diálogo enquanto o país enfrenta a violência, a crise econômica e a ameaça de fome no nordeste do país, onde os militantes continuam realizando ataques.

Publicado em Notícias
Sexta, 03 Março 2017 16:45

Campanha Quaresma 2017 – África

A ACN – Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre – está voltando os olhos na sua campanha de Quaresma para a África. Toda a Igreja Católica aposta nesse continente que abarca mais de 1 bilhão de habitantes – 215 milhões de católicos.

Publicado em Notícias
Quarta, 10 Maio 2017 13:44

A presença da Igreja fortalece o povo

A recém-criada paróquia de Gbunzunzu, diocese de Wamba, na República Democrática do Congo, está situada em uma área de mineração de ouro, onde muitas pessoas tentam ganhar a vida cavando para descobrir ouro. As minas fazem um pequeno número de pessoas muito ricas, mas para todo o resto elas significam exploração sem fim, pobreza, saúde arruinada e até mesmo uma morte precoce. Os trabalhadores arriscam suas vidas trabalhando em condições terríveis, expostas a materiais cancerígenos e radioativos e vivendo apertadas em barracas lotadas, separadas de suas famílias e longe de suas aldeias. Muitas vezes suas estruturas familiares tradicionais são destruídas como resultado do contexto em que vivem.

Publicado em Projetos
Quinta, 13 Abril 2017 10:01

Uma religiosa católica no Níger

É início de janeiro de 2015: Por toda parte os meios de comunicação divulgam caricaturas de Maomé copiadas da revista satírica francesa "Charlie Hebdo". A partir disso, a tensão tem aumentando no Níger. Em 16 e 17 de janeiro deste mesmo ano, manifestantes muçulmanos furiosos começam a atacar igrejas e escolas, conventos e casas religiosas e também cristãos pelas ruas. Zinder e Niamey são as regiões mais afetadas. Os incêndios também estão ocorrendo em Maradi e em outras regiões. Nós – religiosas católicas no Níger desde 2006 – nos preparamos para o pior.

Publicado em Notícias

O vicariato apostólico de Gambella encontra-se no extremo oeste da Etiópia, na fronteira com o Sudão do Sul. É uma região remota e subdesenvolvida, onde existe uma pobreza generalizada. Muitas das crianças estão visivelmente desnutridas, e existem conflitos intertribais recorrentes e intermitentes, sobretudo entre as tribos agrícolas já com residências fixas e as pastorais ainda nômades. O gado se alimenta dos cultivos dos fazendeiros, e eles estão tirando as pastagens tradicionais das tribos pastorais. Nesse conflito sobre recursos escassos, há confrontos frequentes e violentos.

Publicado em Projetos
Terça, 11 Outubro 2016 14:42

Zâmbia: um teto para a casa de Deus

Dois anos atrás, os fiéis da paróquia Nossa Senhora da Consolação, em Lwawu na Zâmbia, foram surpreendidos quando uma chuva torrencial destruiu completamente o teto da igreja. Na ocasião ninguém se feriu. A comunidade, que fica próxima da fronteira com a Angola, não tinha recursos próprios para refazer o teto. Seria um grande desafio ainda sem uma solução. Essa é uma região subdesenvolvida e muito negligenciada. Todo o povo ama a Igreja e a paróquia é o coração da comunidade, mas o custo para restituir o telhado estava fora de questão.

Publicado em Projetos
Página 1 de 5