Terça, 28 Novembro 2017 15:14

Um desafio esculpido em pedra

Escrito por
Avalie este item
(2 votos)
Construção da Catedral de Basankusu, República Democrática do Congo Construção da Catedral de Basankusu, República Democrática do Congo

O impacto de uma catedral em Basankusu no oeste da República Democrática do Congo - apoiada pela Fundação Pontifícia ACN - Ajuda à Igreja que Sofre.

A situação da Igreja na República Democrática do Congo é difícil, especialmente no leste do país, onde se vive uma guerra que já dura décadas pelas cobiçadas minas de matérias-primas. Os efeitos disso também podem ser sentidos na diocese de Basankusu do bispo Joseph Mokobe Ndjoku, ao noroeste do país. Há algum tempo, se ergue na paisagem da região uma impressionante igreja, projeto que a ACN vem apoiando há muitos anos. A paróquia assume forma definitiva agora, em meio a campos verdes.

Viajar na diocese é árduo

Todavia, a economia difícil, marcada pela corrupção e ineficiência, deixou sua marca em todos os lugares. A infra-estrutura local está em muito mau estado de reparo ou mal existe. Isso significa que quando o bispo Joseph Mokobe Ndjoku e seus funcionários vão visitar as paróquias em sua diocese, que tem 77 mil quilômetros quadrados, eles geralmente só podem viajar de canoa pelos rios porque as ruas são intransitáveis. Leva mais de dois dias para viajar cerca de 300 quilômetros.

As eleições nacionais estão planejadas para o final de 2017. No entanto, Dom Mokobe relata que os preparativos para isso ainda estão parados, as mesas redondas em que a Igreja repetidamente defende as conversações de paz e a reforma dos setores que compõem a sociedade congolesa já não acontecem mais. A exploração bem conhecida dos recursos naturais e seu impacto devastador sobre as pessoas permanece sem solução. Uma das principais demandas da Igreja tornou-se, portanto, "realizar as próximas eleições".


Fieis de Basankusu
Fieis de Basankusu

A nova igreja motiva os fiéis

No entanto, os símbolos de esperança continuam a se levantar no meio disso tudo. Um exemplo é a catedral quase pronta de Basankusu. Com isso, mais do que um edifício, um sinal de esperança se tornou visível e tangível para as pessoas locais. Um ditado congolês diz: “Sem um teto sobre a cabeça, não se pode dizer que existe uma comunidade”. Quando a catedral começa a se erguer no campo, "isso literalmente estabelece a comunidade de fiéis para a população local", explica o bispo. Afinal, é aqui que eles podem se reunir em oração ou para programas educacionais, para feiras e celebrações, em dias ensolarados e chuvosos. "Para eles, a catedral é uma fonte perpétua de motivação esculpida em pedra para fazer algo pelo bem comum". Isto simboliza ser uma parte da grande família de crentes que se estende além das fronteiras nacionais. "E, portanto, é também uma ligação com todos os benfeitores da ACN de todo o mundo que contribuíram com os recursos para a construção desta catedral. Ao mesmo tempo, a nova igreja representa o desafio de ‘os católicos no Congo se tornem ativos no espírito cristão pela paz’ ", explica Joseph Mokobe Ndjoku. É por isso que ele descreve a catedral como a chave para novas campanhas desse tipo - apesar das dificuldades da vida diária. A inauguração da igreja está prevista para os próximos meses.

Lido 601 vezes

2 comentários

  • Link do comentário Adelmo luiz  de  santana Quinta, 07 Dezembro 2017 22:05 postado por Adelmo luiz de santana

    Muito bonito uma atitude de amor ao proximo

  • Link do comentário Cristian Domingo, 03 Dezembro 2017 07:49 postado por Cristian

    Muito bonito o trabalho de vocês, que DEUS ilumine, abençoe e dê forças para continuar este trabalho lindo

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.