Terça, 01 Agosto 2017 13:56

Leite para as crianças de Alepo

Escrito por
Avalie este item
(3 votos)
Projeto "Gota de Leite" Projeto "Gota de Leite"

A ACN – Ajuda à Igreja que Sofre – apoia o projeto “Gota de leite”: distribuição mensal de leite em pó para 2.850 crianças. Uma pequena delegação da ACN esteve presente na última entrega para as famílias e conta como foi.

Vários pais com seus filhos nos braços chegavam e se aglomeravam em um beco sem saída em Al-Zizieh, um distrito da cidade de Alepo, Síria. Vinham de acomodações provisórias onde vivem como deslocados internos. No entanto, esta não era uma reunião improvisada. Em vez disso, eles vieram buscar um alimento básico que faz com que a vida na cidade possa continuar: leite para as crianças.


Projeto Gota de Leite
Pais buscam o leite para seus filhos.

Ziad Sahin, que coordena a distribuição desta ajuda tão necessária, está à porta de um pequeno estabelecimento. "Trabalhei em uma empresa multinacional que produzia leite para crianças. Mas estou sem emprego porque nossas fábricas e escritórios foram bombardeados. Eu gosto de ajudar as pessoas. Me sinto bem quando faço algo pelos outros, especialmente para aqueles que mais têm sofrido com a guerra". Ziad explica que assumiu essa tarefa porque, como pai, considera muito importante ajudar as crianças. Elias veio com seu filho de quase dois anos, Michel. O garotinho se prende nas pernas de seu pai. Elias nunca deixa de vir aqui todo mês para receber sua porção de leite em pó. "Gostaria de agradecer a todos os benfeitores da ACN. É muito difícil ter leite no mercado. Além disso, é muito caro. Se não pudéssemos participar do projeto "Gota de Leite", não haveria maneira de consegui-lo", fala Elias com um sorriso. Ele afirma que nunca perdeu a fé, apesar de todas as dificuldades. "Nós frequentemente vamos à igreja. Rezo sempre pedindo a Deus que a paz prevaleça o quanto antes em nosso país".

Josef Izza fica ao seu lado. Ele também faz parte de uma das 1.500 famílias que recebem apoio todo mês. Sua filha Rosemeri sorri e escuta atentamente a conversa. "Nós pensamos em Deus todos os dias. A fé é muito importante para nós, ainda mais agora. Nós vemos Sua mão em nossas vidas, antes e depois da guerra", diz Josef. "A luta terminou em Alepo há seis meses. No entanto, mesmo que não haja mais ataques de mísseis, os efeitos da guerra estão por toda parte".

O projeto "Gota de leite" atende a todas as crianças cristãs em Alepo, menores de 10 anos. "A comunidade cristã foi especialmente atingida pela guerra. Antes dela, 150 mil cristãos viviam em Alepo. Agora, temos pouco menos de 35 mil", informou o Dr. Nabil Antaki, que iniciou o projeto em 2015. A ACN garantiu o financiamento até junho de 2018. “Este é um gesto de muita generosidade. Estamos muito felizes", diz o gastroenterologista. Ele permaneceu em Alepo para auxiliar aqueles que mais precisavam de ajuda, mesmo tendo podido facilmente emigrar com sua cidadania canadense.

Se uma família tivesse que pagar pelo leite, precisariam gastar quase todos os seus recursos. Uma lata de leite custa 3 mil libras sírias, cerca de 18 reais. A renda média de um sírio atualmente é 30 mil libras sírias, equivalente a 180 reais, montante que torna impossível cobrir todas as despesas. Sem contar que a maioria das pessoas são afetadas pelo desemprego. Rana Aftim acabou de pegar o leite para o seu filho de um ano e meio, Mario. "Obrigado pela ajuda. O leite é muito caro. Não estamos ganhando o suficiente nem para garantir a nossa moradia". Talia é a mais velha das crianças que vieram hoje. Ela tem seis anos de idade. Ela gosta de brincar com sua irmã e desenhar. Seu pai, Basil Yousef, trouxe um saco para pegar sua porção mensal. "Estamos muito felizes por termos recebido esse auxílio. É de grande ajuda para nós, que já sofremos muito. E agora temos que reconstruir nossas casas e nossas vidas".


Projeto Gota de Leite
Famílias agradecem aos benfeitores todo o apoio dado.

A necessidade está crescendo, o que é um desafio, mas também um sinal de esperança. "No mês passado, registramos 120 novas crianças. Isso significa que as famílias estão retornando à Alepo", explica o Dr. Antaki. Quando as pessoas retornam e encontram apoio, pensam que ainda é possível viver como cristãos em Alepo. Nabil Antaki diz que ajudar as crianças é algo muito importante para as famílias e para a comunidade cristã dizimada. "As crianças são o futuro. Nós gostaríamos de ajudá-los para que eles possam crescer saudáveis, mesmo que tenham perdido a inocência da infância durante a guerra".

A ACN tem ajudado os cristãos na Síria desde o início da crise em 2011 com cerca de 500 projetos.





Se você quiser doar especificamente para este projeto, ligue:
0800 77 099 27.


Lido 2906 vezes

1 Comentário

  • Link do comentário Eduardo Tadeu Tacconi Segunda, 07 Agosto 2017 13:30 postado por Eduardo Tadeu Tacconi

    Deus abençoe todos vocês. Já contribuo mensalmente com a acn, mas gostaria de ajudar com doação de leite em pó. Como faço para poder doar? Tem algum lugar aqui na cidade de São Paulo onde eu possa levar o leite? Obrigado.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.